É bem verdade que nunca falta o que escrever. Não sou excepção. Mas mais do que escrever para alguém ler, a escrita tem em mim um efeito catártico. E é isso que procuro.
17.12.09

Olá gente de bem!

 

Eis-me de volta.

Hoje estou flat. Sinto-me desconfortável embora não saiba muito bem porquê. Talvez se deva ao facto de o dia não ter começado muito bem. Passo a explicar.

Maria Gita tem uma carrinha, uma Kia Ceed, e gosta muito dela, ou não fosse ela uma das suas conquistas. Tem pouco mais de um ano. Enfim, é o meu bebé.

O meu percurso para o trabalho implica atravessar a ponte na Figueira da Foz. No final da ponte há uma pequena rotunda com duas faixas. Ora eu aprendi que caso não se pretenda apanhar a primeira saída na rotunda, estas devem contornar-se pela faixa interna. E foi isso que eu fiz e faço todos os dias. Até aqui tudo normal, não fosse o caso de hoje estar um camião dentro da rotunda ao mesmo tempo que eu.

Os camiões são espaçosos, que são, e a rotunda não é muito grande. Resultado: o camionista travou e barafustou em plena rotunda porque eu ia na faixa onde devia ir. Se ele não tivesse parado tinha-me dado novo feitio ao lado direito da carrinha.

Ok, eu acelerei pela esquerda para passar antes do camião. Mas o senhor fez exactamente o mesmo. Uma coisa é fazê-lo com um carro, outra é com um camião. Se calhar não tenho razão mas não gostei.

Já me aconteceu algumas vezes com carros. Mas isso são aqueles totós que tendo duas faixas começam a rotunda pela direita e a meio acham que podem circular meio cá meio lá e que se lixe quem está ao lado deles na esquerda.

Enfim... não gostei de ver a integridade física da minha bolinhas posta em causa. E isso deixou-me chateada para o resto do dia.

Hunf...

 

 

 

sinto-me: chateada
link do postPor Gita, às 10:33  comentar

 
mais sobre mim
Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
15
16
19

20
22
23
24
25
26

27
28
30


arquivos
blogs SAPO