É bem verdade que nunca falta o que escrever. Não sou excepção. Mas mais do que escrever para alguém ler, a escrita tem em mim um efeito catártico. E é isso que procuro.
5.1.10

Há coisas que me deixam... como dizer... agastada. Sim, é isso: agastada. E muito. E nos últimos dias então... tem sido por demais.

Considero-me uma pessoa pacífica mas de vez em quando dá-me vontade de bater em alguém, embora não saiba muito bem em quem.

Andam aí certos assuntos a gerar grande celeuma desnecessariamente, na minha opinião, claro. É que não é só um, são vários. Vamos por partes.

Diz que o Sr. Manuel Luís Goucha também ele está agastado porque o programa "5 para a meia-noite" o agraciou com o prémio de melhor apresentadora de 2009. Nada contra. Assenta-lhe bem (e é aqui que eu me arrisco a ser processada). O que me faz abanar a cabeça é o facto de o mesmo ter processado o programa por se sentir ofendido. Então mas um homem que faz figurinhas tristes na televisão, tem um programa onde parece uma gralha e tem um guarda-roupa esquisitóide está à espera de quê? Que o espírito crítico dos outros lhe passe ao lado? Aquele programa limitou-se a verbalizar publicamente o que metade do país pensa. "Oh, estou muito ofendido e não sei quê." Oh senhor, ganhe juízo e esteja mas é caladinho.

O segundo "acontecimento" prende-se com um programinha da SIC de seu nome "Ídolos". Eu por acaso vi essa parte no Domingo e dou toda a razão ao jurado, não tanto pela opinião, que a mim não aquece nem arrefece, mas pela atitude. Senão vejamos: aqueles quatro estão ali para quê? Com certeza não é para ocupar espaço. Estão ali para dar a sua opinião. Assim como aqueles teenagers inconscientes estão ali a bater palmas e a gritar, e numa de "ai Jesus, o Filipe é tão lindo, segurem-me que vou desmaiar", também o júri está ali para fazer o mesmo, embora mais comedidos, claro. E se o jurí não se pronuncia perante os gritos histéricos, gostaria de ver o público a não se manifestar perante a opinião do júri.

O senhor teve razão no que disse: cada um tem direito à sua opinião. Não gostam, comem menos. Mas o que me irrita é aquela falta de respeito e sobretudo de bom senso dos espectadores. São ridículos e infantis.

Como se isso não bastasse parece que os senhores Anjos também se sentiram ofendidos, tadinhos, e vão também processar o senhor. Oh gente: deixai os tribunais sossegados. A Justiça já é lenta e se a entopem com querelas insignificantes...

E pronto, era isto. Sinto-me melhor agora que estrebuchei um pouco. Resta-me lamentar que haja um grande espírito crítico, mas só até ao ponto em que essa crítica nos diga respeito. Aí fica o caldo entornado. Haja capacidade para nos rirmos de nós próprios, caramba!

 

 

sinto-me: agastada
link do postPor Gita, às 11:10  comentar

 
mais sobre mim
Janeiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
30

31


arquivos
blogs SAPO