É bem verdade que nunca falta o que escrever. Não sou excepção. Mas mais do que escrever para alguém ler, a escrita tem em mim um efeito catártico. E é isso que procuro.
19.3.10

Eis-me de volta, para mal ou para bem.

Acabei de ler uma notícia segundo a qual José Lello se insurge contra o facto de os repórteres de imagem poderem circular livremente pelas galerias do Parlamento. Por momentos pensei que o senhor estivesse incomodado com o eventual barulho causado. Sou tão ingénua... Pois o senhor estava isso sim preocupado com o facto de os senhores repórteres poderem captar imagens dos ecrãs de computador do senhores deputados.

O que ele quer sei eu! E vai se calha de algum deles captar coisas menos próprias no ecrã de um deputado mais incauto? Era um problema. Ou até mesmo ver a técnica de jogo dos deputados no solitário. Não se revelam segredos destes.

É que sinceramente, estes senhores são ridículos. Quem não deve não teme. Se estiverem lá de facto para aquilo que interessa não vejo mal nenhum na eventual captação de imagens.

Enfim... hoje não me apraz dizer mais nada.

Bom fim de semana.

 

sinto-me: amorfa
link do postPor Gita, às 15:01 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



 
mais sobre mim
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
20

21
22
24
25
27

28
29
30


arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO